Artigos

Botox: chegou a hora de esclarecer os mitos mais comuns!

Certamente que já ouviu falar em toxina botulínica, não? Mais conhecida por botox, este é um procedimento que utiliza uma toxina produzida em laboratório para evitar a contração excessiva dos músculos, permitindo atenuar ou até mesmo eliminar temporariamente as rugas e linhas de expressão mais acentuadas. 

Mas, apesar do aumento da procura, ainda existem ideais e expectativas pré-definidas sobre este tipo de tratamento que nem sempre estão de acordo com a realidade. Por isso, chegou a hora de esclarecer os mitos mais comuns sobre o botox. 

 

Mito: A toxina botulínica é um produto que altera totalmente a expressão facial.

Facto: Este é, sem dúvida, um dos principais mitos associados ao uso do botox. Para assegurar que não perde a expressão facial ou que fica com uma expressão pouco natural, certifique-se que as aplicações do produto são feitas com sensatez e cuidado. Posto isto, é imperativo que consulte um profissional com experiência e sentido estético! 

 

Mito: A toxina botulínica ajuda a tratar a flacidez e permite aumentar o volume dos lábios.

Facto: O botox não corrige a flacidez da pele. Assim, caso já seja notória e seja acompanhada de grande excesso cutâneo, a flacidez só consegue ser resolvida através de um lifting. Além disso, contrariamente ao ácido hialurónico, a toxina botulínica não é uma substância de preenchimento e, por isso, não é capaz de aumentar o volume dos lábios.  

 

Mito: Só devo recorrer ao botox quando as rugas já estão instaladas há muito tempo.

Facto: Na verdade, os melhores resultados com este produto são alcançados logo após o aparecimento das primeiras rugas e não quando estas já estão muito marcadas. Além disso, a toxina botulínica é ainda mais eficaz se for aplicada de modo preventivo, ou seja, antes de começar a notar os sinais de envelhecimento! 

 

Mito: Os resultados de um tratamento de botox duram para sempre. 

Facto: Os resultados da toxina botulínica não duram para sempre, tendo, em média, uma durabilidade de quatro a seis meses. Além disso, são recomendadas, variando de pessoa para pessoa, duas a três aplicações por ano.

 

Mito: A aplicação do botox é dolorosa e costuma deixar marcas. 

Facto: A aplicação deste produto é pouco dolorosa e, nalgumas regiões, chega a ser praticamente indolor, podendo ainda ser utilizado um anestésico tópico local. Além disso, a sua aplicação é bastante rápida e não deixa, regra geral, equimoses, sendo que os resultados começam a notar-se ao fim de 24 a 48 horas. 

 

Mito: A toxina botulínica só pode ser utilizada na face para eliminar as rugas.

Facto: O botox tem inúmeras utilizações, podendo ser aplicado também para outros fins: diminuir o sorriso gengival, melhorar o contorno do rosto na linha da mandíbula, evitar a queda da ponta do nariz, elevar a cauda das sobrancelhas ou para reduzir o suor excessivo nas axilas, couro cabeludo, mãos e pés. 



voltar