Artigos

Lipoaspiração: os principais cuidados a ter no pós-operatório

Mesmo com uma alimentação cuidada e a prática regular de exercício físico, tem depósitos de gordura que teimam em não desaparecer? Então saiba que a lipoaspiração pode ser a melhor solução para o seu caso.

A lipoaspiração é um procedimento cirúrgico que pode ser feito em qualquer região do corpo, sendo ideal para remover os depósitos de gordura indesejada em áreas como o abdómen, flancos ou coxas. Contudo, tenha em mente que esta cirurgia não deve ser vista como um meio para emagrecer, mas sim para alterar o seu contorno corporal. 

Apesar da recuperação variar entre três a quatro semanas, os resultados finais deste procedimento só ocorrem ao fim de seis meses. Mas sabe quais são os principais cuidados a ter no pós-operatório?

- Tome analgésicos para aliviar os sintomas da lipoaspiração, uma vez que os primeiros dias após a cirurgia podem ser desconfortáveis, sendo caracterizados pela retenção de líquidos, inchaço e equimoses;

- Repouse cerca de três dias em pequenas lipoaspirações e uma semana em procedimentos de maior dimensão. Isto porque também é possível que se sinta mais cansada e, por vezes, com tonturas, especialmente em grandes lipoaspirações ou se tem tendência a registar baixos valores de pressão arterial;

- Use uma cinta de compressão elástica e realize uma drenagem linfática manual, sendo esta uma massagem muito suave que ajuda a drenar os líquidos acumulados, secundários ao processo inflamatório causado pela lipoaspiração; 

- Hidrate o seu organismo através da ingestão de água e, somente após indicação médica, retome a atividade física, sendo esta essencial para ajudar a tonificar e a definir os músculos;

- Evite a exposição solar direta durante dois meses e, mesmo após este período, tenha cuidado, visto que os tecidos ainda estão sensíveis e, por isso, podem surgir manchas de pigmentação na pele.



voltar